Príncipe Louis foi batizado numa cerimónia privada sem a rainha

O terceiro filho dos duques de Cambridge nasceu a 23 de abril no Hospital de St. Mary, em Londres. O batismo do quinto na linha de sucessão ao trono britânico foi na capela real do palácio St. James.

O príncipe Louis, quinto na linha de sucessão ao trono britânico, foi batizado esta tarde numa cerimónia privada na capela real do palácio de St. James, em Londres. A grande ausente foi a rainha Isabel II, de 92 anos, assim como o duque de Edimburgo, Philip, de 97 anos, por questões de agenda e não de saúde.

O arcebispo da Cantuária, Justin Welby, líder espiritual da Igreja Anglicana, liderou a cerimónia.

O batizado do terceiro filho do príncipe William e de Kate Middleton foi feito com água do rio Jordão, como já tinha acontecido com os irmãos: George, nascido em 2013, e Charlotte, em 2015.

Esta foi a primeira vez em que os cinco membros da família foram fotografados juntos. À entrada da capela, a duquesa de Cambridge disse ao arcebispo que o filho estava "muito relaxado e pacífico" e que esperava que ele continuasse assim.

O príncipe Louis tem seis padrinhos e madrinhas, amigos de infância ou membros da família dos pais: Nicholas van Cutsem, Guy Pelly, Harry Aubrey-Fletcher, Lady Laura Meade, Hannah Carter e Lucy Middleton.

Louis nasceu a 23 de abril no Hospital de St. Mary, em Londres. É o quinto na linha de sucessão ao trono britânico, depois do avô, o príncipe Carlos, o pai, o príncipe William, e os dois irmãos.

A rainha não esteve presente na cerimónia porque estava a viajar de regresso a Londres, depois de ter estado em Norfolk. Esta será uma semana complicada em termos de agenda, com o centenário da Força Aérea Britânica, esta terça-feira, e a visita do presidente norte-americano, Donald Trump, a Windsor, na sexta-feira.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG