Presidente chileno paga multa de 2800 euros por selfie sem máscara numa praia

Novos casos de infeção por covid-19 aumentaram 22% só na última semana. Autoridades chilena reconhecem preocupação em vésperas de Natal

O presidente chileno, Sebastián Piñera, que no início do mês tirou uma selfie na praia com uma apoiante sem máscara, pagou uma multa de 2,5 milhões de pesos (cerca de 2800 euros ou 3500 dólares) por esse gesto.

Quando a foto se tornou viral, Piñera pediu desculpa, disse que estava a fazer uma caminhada sozinho na praia quando se cruzou com pessoas que o reconheceram e quiseram tirar uma fotografia. O próprio apresentou depois denúncia contra si junto das autoridades.

O Chile está a braços com um forte aumento de casos de covid-19 na última semana, com as autoridades a reconhecerem que estão "muito preocupadas" com o aumento de 22% de infeções a nível nacional no espaço de sete dias, pedindo aos chilenos para "intensificar" as medidas de proteção na véspera das festas de Natal.

Pelo segundo dia consecutivo, o Chile teve mais de dois mil novos casos diários, depois de vários meses com cerca de mil casos diários. Desde o início da pandemia, o Chile já teve 583 354 casos, sendo que 16 101 pessoas morreram com a doença, mais 50 nas últimas 24 horas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG