Presidenciais nos EUA. Democratas no Congresso aprovam financiamento aos Correios

Democratas conseguiram aprovar projeto-lei na Câmara dos Representantes para injetar 21 mil milhões de euros no serviço postal, contornando assim o que é entendido por muitos como uma alegada sabotagem ao voto postal preparada por Trump.

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou este sábado um projeto-lei para financiar o serviço de Correios do país na sequência de queixas apresentadas pelos Democratas sobre uma alegada sabotagem que estaria a ser preparada pelo governo de Donald Trump na entrega dos boletins de votos para a eleição presidencial, marcada para novembro.

Este projeto-lei, que foi aprovado apesar da oposição dos Republicanos, irá permitir a injeção de 25 mil milhões de dólares (mais de 21 mil milhões de euros) para ajudar os correios americanos por forma a que a correspondência eleitoral tenha prioridade sobre a restante e, dessa forma, haja a garantia de que as cédulas chegam a tempo de serem contadas.

Isto num ato eleitoral que está condicionado pela pandemia de covid-19 e que, como tal, prejudica o voto presencial, razão pela qual é suposto que muitos americanos recorram a este sistema de voto por correspondência.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG