Ponte de Génova. Equipas procuram 12 desaparecidos nos escombros

Estão confirmadas 35 vítimas mortais, mas número de mortes pode aumentar

As equipas de resgate procuram 12 desaparecidos em resultado da queda da ponte de Morandi, em Génova, e temem que o número de vítimas mortais - 35 - possa vir a aumentar. Entre os que são procurados, estão dois funcionários da Amiu, a empresa ambiental do município de Génova.

De acordo com a Rai News, tratam-se de dois motoristas. Sabe-se que iriam atravessar a ponte esta manhã, mas ainda não foram encontrados.

Entretanto, a região de Ligúria, publicou um tweet onde refre que a "tragédia é enorme mas [está] geograficamente limitada, Liguria tem todos os meios necessários disponíveis, agradeço a todas as regiões que ofereceram ajuda, mas somos autónomos".

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.