Polícia brasileira mata dez assaltantes na cidade de São Paulo

O grupo era investigado há muito tempo, acusado de assaltar pelo menos 20 residências

A polícia brasileira matou dez membros suspeitos de um gangue especializado em assaltos a residências na cidade de São Paulo, a maior cidade do Brasil, informaram fontes oficiais.

Os confrontos entre a polícia e os assaltantes ocorreram na noite de domingo no bairro de Morumbi, capital de São Paulo, uma das áreas mais caras da cidade, quando um grupo estava a tentar abrir um cofre que haviam roubado de uma residência, onde estavam três adultos e uma criança, de acordo com a Polícia Civil.

Alguns integrantes do gangue que estavam à espera na rua detetaram um movimento estranho e advertiram os seus companheiros, que deixaram a residência sem levar nada.

Enquanto tentavam fugir em dois veículos, foram intercetados pelo Grupo Armado de Repressão de Roubo e Assalto (Garra), um corpo da polícia civil da cidade, que começou um tiroteio intenso, matando dez assaltantes. Três conseguiram fugir e nenhum polícia ficou ferido.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, os assaltantes eram investigados há muito tempo, acusados de assaltar pelo menos 20 residências em bairros nobres de São Paulo.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG