Polícia assassinado enquanto executava ordem de prisão

Um agente da polícia de San Marcos, no estado norte-americano do Texas, morreu esta segunda-feira, depois de ter sido baleado diversas vezes por um homem que se preparava para deter, informaram as autoridades.

Kenneth Copeland, de 58 anos, cumpria um mandado de detenção num bairro a sudeste da cidade quando o suspeito, que não foi ainda identificado, o baleou várias vezes, indicou o Departamento da Polícia de San Marcos.

Apesar de usar um colete à prova de balas e de ter sido transportado de imediato para um hospital próximo, o agente acabou por morrer pelas 15:50 (21:50 de segunda-feira em Lisboa).

O presumível assassino ficou ferido, depois de ser baleado, e encontra-se num centro médico da capital do Texas, Austin, situada a meia centena de quilómetros a nordeste de San Marcos.

O governador do Texas, o republicano Greg Abbott, pediu, através da rede de mensagens instantâneas Twitter, "célere justiça" para o suspeito, horas depois da morte do agente da polícia.

"O Texas chora agora a perda do agente da polícia de San Marcos e pedimos justiça célere para o assassino", afirmou, recordando que o povo "nunca esquecerá os sacrifícios dos agentes que colocam as suas vidas em risco todos os dias para proteger e servir as comunidades".

Este é o segundo assassínio em poucos dias de um agente naquele estado, no sul dos Estados Unidos, depois de, no dia de Ação de Graças, um polícia do Departamento de Segurança Pública (DPS, na sigla em inglês) do Texas, ter sido mortalmente baleado em Fairfield, uma localidade situada a sudeste de Dallas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG