Pelo menos 40 mortos em ataque suicida no Afeganistão

Duas explosões na agência de notícias Afghan Voice e num centro religioso na zona ocidental de Cabul provocaram pelo menos 40 mortos e 30 feridos.

Pelo menos 40 pessoas morreram e 30 ficaram feridas num ataque suicida na zona ocidental de Cabul, capital do Afeganistão.

O ministro do Interior do país confirmou à BBC que houve pelo menos duas explosões na zona, uma das quais na agência de notícias Afghan Voice, segundo o jornal Independent. No mesmo edifício fica também um centro cultural e religioso xiita.

As primeiras notícias davam conta de quatro mortos e meia dúzia de feridos, mas, entretanto, o porta-voz do ministro do Interior, Nasrat Rahimi confirmou que são pelo menos 40 mortos e 30 feridos. O ataque ocorreu pelas 10.30 da manhã (hora local), quando decorria uma conferência no centro cultural e muitas das vítimas são jovens estudantes que participavam nesse evento. Há também mulheres e crianças entre as vítimas que se encontravam na mesquita.

O atentato ainda não foi reivindicado, por nenhum grupo. A explosão é o mais recente ataque visando meios de comunicação afegãos nos últimos anos. Em novembro, um ataque tinha tido como alvo uma televisão privada em Cabul.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG