Pelo menos 18 mortos em bombardeamentos e explosão no norte da Síria

Bombardeamentos e explosões ocorreram em zonas distintas do norte da Síria

Pelo menos 18 pessoas morreram hoje em bombardeamentos e numa explosão em zonas distintas do norte da Síria, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

Sete das vítimas mortais - incluindo uma menina, dois membros da Defesa Civil (grupo de voluntários que trabalha nas operações de resgate) e um combatente islâmico - perderam vida num ataque perpetrado por aviões de guerra contra a localidade de Jan Shijun, no sul da província de Idleb.

A ONG, que não precisou a origem dos equipamentos, acrescentou que o bombardeamento causou dezenas de feridos.

Por outro lado, um dos 70 afetados por asfixia num alegado ataque aéreo na terça-feira com gás de cloro na cidade de Alepo morreu durante a noite de terça-feira, informou o Observatório.

A ONG recordou que fontes médicas acusaram as forças governamentais de terem levado a cabo esse ataque contra o bairro de Al Sukari.

Entretanto, na província de Hama, pelo menos dez trabalhadores, incluindo mulheres, morreram na explosão de uma mina, à passagem do veículo onde seguiam para ir trabalhar numa estrada entre as áreas de Hayazi Zalin e Al Musasana.

O Observatório explicou que o explosivo tinha sido instalado há muito tempo pelas forças do regime nesta zona do norte de Hama.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG