Sismo na Indonésia faz pelo menos 14 mortos

O sismo, registado na ilha de Lombok, um destino turístico, teve uma magnitude 6,4 na escala de Ritcher

Pelo menos 14 pessoas morreram este domingo e 162 ficaram feridas na ilha indonésia de Lombok, na sequência do sismo de magnitude 6,4 na escala de Ritcher, disseram as autoridades.

O distrito de Lombok leste foi o mais atingido com oito mortos, incluindo uma cidadã da Malásia, disse Sutopo Purwo Nugroho, porta-voz da Agência de Mitigação de Desastres indonésia, Sutopo Purwo Mugroho.

A mulher, de 30 anos, estava a visitar o Monte Rinjani, onde se registou um aluimento de terras em sequência do sismo. Nugroho, citado pela Reuters, afirmou que a área está temporariamente encerrada. Centenas de alpinistas estão a ser retirados do parque nacional de Rinjani, afirmou.

Em dezembro de 2004, um sismo de magnitude 9,1, registado ao largo da ilha de Samatra, desencadeou um 'tsunami' que matou 230 mil pessoas

"As necessidades mais prementes agora são pessoal médico, macas, equipamentos de saúde, produtos para criança e alimentos", disse Sutopo Purwo Nugroho.

O mesmo porta-voz tinha indicado anteriormente três mortos e 12 feridos, na sequência do sismo que abalou a ilha de Lombok, um destino turístico popular, próximo de Bali, na Indonésia, disseram as autoridades.

O arquipélago da Indonésia, com milhares de ilhas, situa-se no chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma zona de elevada atividade sísmica e vulcânica.

Em dezembro de 2004, um sismo de magnitude 9,1, registado ao largo da ilha de Samatra, desencadeou um 'tsunami' que matou 230 mil pessoas em mais de dez países.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG