Pedidos de asilo na Alemanha baixaram 66% em março

Angela Merkel tinha prometido aos alemães uma diminuição na chegada de migrantes, mas recusou estabelecer quotas

O número de novos pedidos de asilo na Alemanha - principal destino para os refugiados no ano passado - baixou 66% em março para cerca de 20 mil, disse hoje o ministro do Interior, Thomas de Maiziere.

"Em dezembro de 2015 eram 120.000 pessoas, em janeiro 90.000, em fevereiro 60.000, e em março 20.000", afirmou, citando o número mensal de registos no sistema EASY, que contabiliza os migrantes que preveem apresentar um pedido de asilo.

As declarações de Thomas de Maiziere surgem algumas semanas após o encerramento da rota de migração dos Balcãs.

A chanceler Angela Merkel, que abriu as portas do país a 1,1 milhões de requerentes de asilo em 2015, prometeu, num contexto de contestação na Alemanha, uma diminuição na chegada de migrantes através de soluções europeias e de um acordo com a Turquia. Recusou, no entanto, estabelecer quotas de entrada.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG