Comandante aterra avião porque passageiro estava com... frio

Voo da Hawaiian Airlines desviado para Los Angeles porque um homem se recusou a pagar 11 euros por um cobertor

O insólito aconteceu num voo da Hawaiian Airlines que fazia a ligação entre Las Vegas e Honolulu, no Hawai. Durante a viagem, um homem de 66 anos sentiu frio e pediu um cobertor a uma das hospedeiras... só não contava que lhe fossem cobrados 12 dólares (qualquer coisa como 11 euros e 30 cêntimos) pelo referido cobertor.

Segundo a polícia, o homem, que se sentiu ofendido pela exigência da companhia aérea, reclamou com a tripulação e terá proferido uma frase que levou o comandante do avião a considerá-lo uma ameaça. "Gostava de bater em alguém por isto" é uma tradução possível da expressão idiomática utilizada pelo homem.

O piloto tomou então a decisão de fazer uma aterragem não prevista em Los Angeles para que o passageiro saísse do avião, algo que acabou por fazer voluntariamente, tendo depois apanhado outro voo para Honolulu.

Um porta-voz do aeroporto de Los Angeles fez uma declaração curiosa sobre este incidente ao jornal ao LA Times: "Se eu fosse um dos passageiros a bordo teria pago 12 dólares por ele."

A verdade é que a aterragem forçada em LA terá tido um custo maior para a companhia do que o preço do cobertor. E, segundo a polícia, não foi considerada crime.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG