Oferta de emprego para a Burger King espanhola inclui "aptidões musicais"

Anúncio da empresa de "fast-food" em Espanha, a uma campanha publicitária gera polémica nas redes sociais

Para quem não lê as letras pequenas, trata-se de uma oferta de emprego peculiar. Para os mais atentos, este é um anúncio pertencente à campanha publicitária Play For The Whopper.

A Burger King espanhola divulgou esta segunda-feira, dia 11 de dezembro, no Facebook um anúncio que à primeira vista parece uma oferta de emprego. No final do anúncio, lê-se: "esta oferta de emprego pertence a uma campanha Play For The Whopper" - que será desvendada esta quarta-feira, dia 13 de dezembro, segundo a responsável de Marketing da Burger King em Espanha, Bianca Shen, em declarações à Verne do El País.

A polémica rapidamente se espalhou: foram vários os comentários negativos que a empresa recebeu pelos requisitos supostamente necessários para conseguir o emprego do serviço ao domicílio da Burger King: "conhecimentos de literatura, matemática, história" com realização de uma prova para os testar, "destreza em vídeo jogos" e ainda "aptidões musicais e de canto".

Aparentemente, este era o resultado pretendido por Shen: "Está a gerar polémica e era o que esperávamos. Estamos contentes. Somos trending topic [no Twitter] graças a este anúncio e está a correr muito bem". A porta-voz da empresa refere ainda que estão a responder a todas as pessoas que acreditaram que era uma oferta verdadeira. Foram poucos os que enviaram os seus currículos, mostrando interesse no suposto trabalho.

Entre os vários tweets de descontentamento, destaca-se o do político espanhol Iñigo Errejón, que também acreditou na brincadeira. Na publicação, o politólogo diz que "Não sabia que se podia cantar e jogar vídeo jogos enquanto se conduz. Só sei que podiam era pagar salários dignos aos empregados".

Já outros lamentam a falta de atenção das pessoas, "Se não distingues uma campanha publicitária de uma oferta de emprego verdadeira, não mereces mesmo a Burger King".

Apesar das críticas, Shen não acredita que o anúncio trará consequências negativas à empresa.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG