Obama surpreende Biden e atribui-lhe medalha da Liberdade

O vice-presidente norte-americano foi apanhado de surpresa e mostrou-se bastante emocionado

As lágrimas voltaram a surgir em mais uma cerimónia de final de mandato de Barack Obama. Desta vez, foram de Joe Biden, vice-presidente dos Estados Unidos, que foi completamente apanhado de surpresa quando o presidente lhe atribuiu, ontem à noite, na Casa Branca, a Medalha Presidencial da Liberdade, a mais alta condecoração do país.

Joe Biden não sabia da realização da cerimónia, em que estiveram presentes família, amigos e equipa, e não conseguiu esconder a emoção ao ouvir os elogios de Barack Obama e o anúncio de que iria receber aquela honra civil.

"Este é um homem extraordinário", disse Obama. "Nos últimos oito anos ele não poderia ter sido um parceiro mais dedicado e eficaz nos progressos que fizemos", continuou o presidente.

"Não fazia ideia", confessou Biden, 74 anos, depois de receber a Medalha Presidencial da Liberdade. "Não mereço isto mas sei que vem do coração do presidente", afirmou.

Barack Obama e Joe Biden tornaram-se amigos durante os oito anos de mandato. Biden era senador de Delaware quando Obama o escolheu para vice-presidente, na campanha de 2008.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG