Obama sobre Trump: "Ele é inseguro"

Presidente dos EUA reagiu ao vídeo polémico no qual republicano fala sobre as mulheres em termos considerados vulgares e machistas.

Num evento de campanha em Chicago, Barack Obama considerou "inacreditáveis" os comentários de Donald Trump num vídeo de 2005 que agora foi divulgado, descrevendo o candidato republicano como "inseguro".

"Uma das coisas mais perturbadoras sobre estas eleições é a retórica incrível que vem do líder do ticket republicano. Não preciso de a repetir. Há crianças na sala", disse o presidente norte-americano, citado pelo site Politico.

"Mas humilhar e degradar as mulheres, mas também as minorias, imigrantes, pessoas de outras religiões, gozar com os deficientes, insultar as nossas tropas e os nossos veteranos (...) mostra-nos uma série de coisas. Mostra-nos que ele é tão inseguro que precisa de rebaixar as outras pessoas para se fazer de importante", afirmou Obama.

"Não é o tipo de característica que aconselho para alguém na Casa Branca", concluiu o presidente.

A nova polémica em torno de Trump surgiu por causa de um vídeo gravado em 2005 e divulgado na sexta-feira pelo jornal The Washington Post, no qual o empresário fala sobre as mulheres em termos considerados vulgares e machistas.

No vídeo, o milionário que na altura era uma estrela de um reality show e estava casado há poucos meses com a sua terceira mulher, Melania, fala de como tentou seduzir uma mulher casada. E explica como pode beijar e agarrar as mulheres porque é "uma estrela".

Trump, de 70 anos, enfrenta a maior crise na campanha que já dura há 16 meses. O grande desafio será o debate desde noite (às 2.00 em Lisboa), na CNN, com a estação de televisão a revelar que a primeira questão ao candidato será sobre este tema.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG