Mulher encontra anel de noivado perdido há 13 anos... numa cenoura

A nora de Mary Gram encontrou o anel quando estava a apanhar vegetais no quintal

Mary Gram, de 84 anos, residente em Alberta, no Canadá, perdeu o seu anel de noivado há 13 anos, quando trabalhava no seu jardim. O anel foi-lhe oferecido pelo marido, Norman, em 1951, um ano antes de se casarem.

Resolveu não contar ao marido, com receio de o magoar, e substituiu-o por outro, para que ele não reparasse. Agora, 13 anos depois, o anel reapareceu... à volta de uma cenoura.

Foi a nora de Mary, que vive com o filho desta na quinta onde Mary e Norman viviam e onde foi perdido o anel, que encontrou a joia quando apanhava cenouras.

Colleen Daley, a nora, mostrou o anel ao marido que o reconheceu e lhe contou a história do anel de noivado perdido da sua mãe.

Norman, que nunca chegou a perceber que o anel havia sido perdido, morreu há cinco anos, pouco depois de celebrar 60 anos de casamento com Mary.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG