Mugabe ironiza com rumores que o davam como morto. "Ressuscitei como sempre"

"Sim, estive morto, é verdade", disse o presidente do Zimbabué, ao chegar a Harare depois de uma viagem

O presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, não poupou na ironia ao comentar os recentes rumores que o deram como morto, no seguimento de um desvio inesperado do avião presidencial que fora atribuído a problemas de saúde do governante.

Aos 92 anos, Mugabe falou de forma jovial aos repórteres que o esperavam no aeroporto de Harare, pouco depois de desembarcar: "Sim, estive morto, é verdade. Ressuscitei, como sempre faço. Assim que regresso ao meu país torno-me real".

O presidente do Zimbabué está no poder desde 1980 e já garantiu que vai voltar a candidatar-se à presidência em 2018.

Os rumores da morte de Mugabe, que dirige o país com mão de ferro - e é acusado de perseguir os dissidentes - começaram quando o avião em que seguia o presidente fez um desvio e aterrou no Dubai. Segundo o próprio, a alteração de rota deveu-se a assuntos familiares que precisava de resolver, mas a imprensa local chegou a avançar que teria sofrido um AVC.

Em maio, a mulher de Mugabe, Grace, garantiu que o marido iria governar o país a partir do túmulo se preciso fosse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG