Morreu Larry Tesler, o criador do "copy" e "paste"

"O vosso dia de trabalho é mais fácil graças às ideias revolucionárias [de Larry Tesler]", escreveu a Xerox, onde o cientista informático trabalhou durante vários anos.

Inventou os comandos "cut", "copy" e "paste", entre outros, que tornaram o uso do computador acessível a todos - era nisto que acreditava o "ícone da informática", como é lembrado Larry Tesler. O cientista morreu aos 74 anos.

Começou a trabalhar no Silicon Valley no início dos anos 1960, numa época em que os computadores eram inacessíveis à maioria das pessoas, recorda a BBC.

Foi na Xerox que o cientista de computadores passou parte da sua carreira, e a empresa dedicou-lhe uma homenagem.

"O inventor do cortar / copiar e colar, encontrar e substituir e muito mais foi o ex-investigador da Xerox Larry Tesler", escreveu a empresa no Twitter.

"O vosso dia de trabalho é mais fácil graças às ideias revolucionárias [de Leslie Tesler]" , acrescentou a Xerox.

Tesler nasceu no Bronx, Nova Iorque, em 1945, e estudou na Universidade de Stanford, na Califórnia.

No decorrer da sua longa carreira, o cientista trabalhou para as maiores empresas de tecnologia. Começou no Centro de Pesquisa da Xerox em Palo Alto, antes de Steve Jobs o convencer a juntar-se à Apple, onde trabalhou durante 17 anos e chegou ao cargo de cientista-chefe.

Depois de deixar a empresa, criou o seu próprio negócio, ligado à educação, e trabalhou por breves períodos na Amazon e no Yahoo.

A inovação mais famosa de Tesler, o comando "cortar e colar", foi baseada no antigo método de edição, no qual as pessoas cortavam fisicamente partes do texto impresso e colavam-nas em outros locais. O comando foi incorporado no software da Apple no computador Lisa em 1983 e no Macintosh original lançado no ano seguinte.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG