Mochi: os bolinhos de arroz japoneses que matam

Pelo menos duas pessoas perderam a vida na passagem de ano a tentar comer estes preparado tradicional

São pequenos "ovos" de arroz tradicionais no Japão, muito difíceis de consumir. Os mochi são tradicionalmente servidos durante as celebrações, como a passagem do ano, mas podem ser fatais: nesta entrada em 2018, pelo menos duas pessoas morreram e há várias em risco de vida por se terem engasgado com a iguaria.

Os mochi são bolos feitos com dois tipos de arroz, que é cozido e de seguida esmagado. O resultado é uma textura pegajosa, difícil de engolir.

Os japoneses sabem que este preparado tem de ser muito bem mastigado ou, em alternativa, deve ser comido em pequenos pedaços, para reduzir o risco de ficar preso na traqueia e a pessoa sufocar. Mas todos os anos há quem não o consiga evitar, em especial crianças pequenas e pessoas idosas.

Segundo a BBC, que cita meios japoneses, 90% das pessoas que acorreram às urgências na passagem de ano por estarem a sufocar tinham mais de 65 anos.

Ainda que as autoridades de saúde emitam alertas regulares, todos os anos algumas pessoas morrem ao tentar comer estes bolinhos.

Exclusivos