Mineiro torna-se milionário graças a duas pedras raras de tanzanite

Saniniu Laizier encontrou duas pedras preciosas gigantes, sendo que uma delas quase triplica o peso do anterior recorde. Um achado que lhe rendeu 2,96 milhões de euros.

Um mineiro artesanal da Tanzânia tornou-se milionário de um dia para o outro depois de ter encontrado as duas maiores pedras de tanzanite de que há registo, que lhe valeram 2,96 milhões de euros.

As duas pedras preciosas azuis (que podem assumir várias tonalidades consoante a luz) foram descobertas por Saniniu Laizer numa das minas de tanzanite localizadas numa pequena área do norte da Tanzânia, rodeada de um muro de segurança para evitar o contrabando.

A maior das pedras pesa 9,27 quilos e a outra 5,103 quilos. O anterior recorde era de 3,38 quilos. Sendo tão rara e existindo apenas nesta pequena zona, os especialistas acreditam que no espaço de duas décadas poderá já não existir mais tanzanite.

"Vai haver uma grande festa amanhã", disse à BBC Laizer, que tem 52 anos, quatro mulheres e mais de 30 filhos. O mineiro prometeu matar uma das suas vacas para a festa (tem duas mil), mas tem também planos para ajudar a sua comunidade no distrito de Simanjiro.

"Quero construir um centro comercial e uma escola. Quero construir a escola perto da minha casa. Há muitas pessoas pobres por aqui que não têm dinheiro para enviar os filhos para a escola", disse à BBC.

"Eu não tenho educação, mas gosto que as coisas sejam geridas de forma profissional. Por isso gostaria que os meus filhos gerissem o negócio de forma profissional", acrescentou. Além de cuidar das duas mil vacas, Laizer obteve uma licença do governo da Tanzânia para poder ter uma pequena exploração de tanzanite, mas as minas ilegais são um problema.

Em 2017, o governo do presidente John Magufuli -- que telefonou a felicitar Laizier em direto para a televisão -- construiu um muro de 24 quilómetros em redor da zona onde existe a tanzanite, tendo registado no ano seguinte um aumento dos lucros do setor mineiro.

"Este é o benefício das pequenas explorações mineiras e a prova de que a Tanzânia é rica", disse o presidente que chegou ao poder em 2015 com a promessa de aumentar os lucros do setor.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG