Memórias de outras tomadas de posse: de Nat King Cole a Beyoncé

As cerimónias de tomada de posse dos presidentes americanos contam sempre com estrelas da música. Estas são algumas das atuações mais famosas.

Donald Trump teve alguma dificuldade em encontrar grandes artistas para atuarem na sua tomada de posse. Toby Keith, 3 Doors Down, Lee Greenwood e a jovem Jackie Evancho são cabeças de cartaz. Mas a fasquia era elevada. Para além das galas "inaugurais", que contam com artistas convidados pelos novos presidentes, nestes dias, antes e depois da tomada de posse, há geralmente uma série de eventos em Washington com a participação de diversos músicos.

Recorde algumas das atuações que marcaram as cerimónias de outros presidentes americanos.

1961, Nat King Cole

Em 1961, Nat King Cole, Harry Belafonte, Tony Curtis, Bette Davis, Ella Fitzgerald, Sidney Poitier e Frank Sinatra participaram na festa, que foi ela própria uma afirmação política, para John F. Kennedy:

1977, Linda Ronstadt

Em 1977, Linda Ronstadt cantou Crazy, tema de Willy Nelson, no concerto inaugural de Jimmy Carter:

1985, Beach Boys

Ronald e Nancy Reagan eram fãs dos Beach Boys e eles tiveram oportunidade de retribuir essa admiração, participando na cerimónia de 1985:

1989, Anita Baker

Na sua tomada de posse, George H. Bush derramou uma lágrima a ouvir Anita Baker cantar Giving you the best that I''vee Got:

1993, Barbara Streisand, Michael Jackson e Fleetwood Mac

No concerto inaugural de Bill Clinton, Barbara Streisand interpretou Evergreen, supostamente a música do seu repertório de que o presidente mais gostava. Na mesma noite, atuaram Elton John, o grupo de dança de Alvin Ailey e Michael Jackson, que cantou Gone to Soon, numa homenagem a Ryan White, ativista que lutava contra a Sida, e ainda o seu sucesso Heal the World.

No final, os Fleetwood Mac reuniram-se especialmente para a ocasião, e cantaram, com Bill Clinton no palco, Don't Stop:

1993, Bob Dylan

Bob Dylan não atuou no concerto da noite da tomada de posse mas esteve no evento "American's Reunion" na Mall, a rua principal de Washington, e noutros eventos paralelos à tomada de posse de Bill Clinton:

2009, Bruce Springsteen, U2 e Beyoncé

"We are the One: The Obama Inaugural Celebration" aconteceu no Lincoln Memorial e reuniu uma série de artistas, como John Mellencamp, Garth Brooks, James Taylor com John Legend e Jennifer Nettle, e muitos outros. Bruce Springsteen subiu ao palco para interpretar The Rising, uma homenagem aos bombeiros que morreram no 11 de setembro:

Já os irlandeses U2 levaram clássicos como Pride: In the Name of Love e City of Blinding Lights para homenagear o presidente Barack Obama:

A festa terminou com Beyoncé a cantar, com a ajuda de todos, America the Beautiful:

2009, Aretha Franklin

Pouco antes da tomada de posse de Barack Obama, Aretha Franklin subiu à escadaria do Capitólio para interpretar My Country 'This of Thee:

2009, Beyoncé (outra vez)

Na gala oficial, Beyoncé voltou a cantar, desta vez para interpretar o clássico de Etta James, At Last, enquanto o casal Obama dançava:

2013, Beyoncé (ainda mais uma vez)

Na segunda cerimónia de investidura de Obama, Beyoncé interpretou o hino nacional:

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG