Marco Rubio ganha primárias republicanas em Porto Rico

Os votantes porto-riquenhos não podem votar nas eleições presidenciais de novembro, mas podem participar no processo de seleção de candidatos

O republicano Marco Rubio impôs-se, este domingo, nas primárias do partido em Porto Rico, conquistando a sua segunda vitória na corrida à nomeação conservadora à Casa Branca, segundo as projeções dos principais meios de comunicação.

O senador pela Florida obteve uma larga vantagem em Porto Rico, conquistando os 23 delegados em disputa e a sua segunda vitória na corrida à nomeação republicana para as presidenciais norte-americanas de novembro.

Rubio, de origem cubana e que viajou no sábado para a ilha para fazer campanha, conseguiu 73% dos votos - mais de metade do necessário para conquistar todos os delegados em jogo -, contra 13,6% do magnata Donald Trump, que surge como favorito nas sondagens.

A uma distância muito maior ficou o senador pelo Texas Ted Cruz, também de origem cubana, com 9% dos votos, e o governador de Ohio John Kasich, com pouco mais de 1%.

Os votantes porto-riquenhos não podem votar nas eleições presidenciais de novembro, mas podem participar no processo de seleção de candidatos de cada partido.

Porto Rico tem um estatuto híbrido: é um "estado livre associado dos EUA", não sendo um dos 50 estados norte-americanos.

Até hoje, Trump soma 382 delegados, quase um terço dos 1.237 necessários para garantir a eleição como candidato à presidência pelo partido na convenção que se realizará em julho em Cleveland (Ohio).

Segue-se o senador Ted Cruz, com 300 delegados, Rubio (128 delegados) e Kasich (34).

O próximo encontro eleitoral para os republicanos tem lugar a 15 de março, dia em que se realizam as primárias na Florida, onde se disputam 99 delegados e o vencedor os conquista na totalidade, segundo as normas do partido. As sondagens conferem a Trump uma cómoda vantagem de 18 pontos sobre Rubio na Florida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG