Mais de 3.200 migrantes resgatados

As últimas chegadas elevam para mais de 80.000 o número de migrantes que chegou a terra em Itália este ano, de acordo com a agência da ONU para os refugiados, que diz que a maioria deles é africana.

Mais de 3.200 migrantes foram resgatados do Mediterrâneo na terça-feira em 25 operações, informou hoje a guarda-costeira italiana.

Uma pessoa foi encontrada morta num dos barcos, segundo o comunicado da guarda-costeira, que coordena as operações.

Navios da guarda-costeira e da Marinha italiana participaram nas operações de resgate, assim como barcos do dispositivo da força naval europeia no Mediterrâneo (Eunavfor Med) e das organizações não-governamentais, como os Médicos Sem Fronteiras (MSF), Sea Watch e MOAS.

Desde 2014, mais de 10.000 migrantes morreram, nomeadamente por afogamento, na perigosa travessia para chegar à Europa por mar, tendo a maioria perdido a vida no Mediterrâneo, segundo o ACNUR.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG