Mãe e duas filhas entregam-se à polícia após incêndio mortal em zoológico

As três mulheres lançaram balões de fogo, o que é proibido na Alemanha. Um dos balões terá causado o incêndio no jardim zoológico onde morreram 30 macacos.

Uma mulher de 60 anos e as duas filhas entregaram-se à polícia na sequência de um incêndio que matou três dezenas de animais num jardim zoológico na Alemanha, na véspera de Ano Novo. As três mulheres estão a ser investigadas por lançar balões de fogo, que são proibidos, para comemorar a entrada em 2020, disse Gerd Hoppmann, chefe da polícia criminal de Krefeld.

A mãe e as duas filhas adultas entregaram-se à polícia na quarta-feira depois de ouvirem sobre o incêndio na rádio local, disse Hoppmann. O chefe da polícia disse que "parecem pessoas sensatas e responsáveis", que demonstraram coragem em se apresentar perante as autoridades. Os procuradores locais investigam agora as mulheres por incêndio criminoso, um crime que pode ser punido com penas até cinco anos de prisão.

O incêndio, que matou 30 macacos, ocorreu pouco antes da meia-noite na véspera de Ano Novo no zoológico de Krefeld, na Renânia do Norte-Vestfália. O recinto abrigava gorilas, orangotangos, chimpanzés e saguis. Apenas dois chimpanzés sobreviveram, bem como uma família de gorilas.

A polícia acredita que o incêndio foi causado por um dos balões que pousou no telhado do recinto dos macacos. Hoppmann disse que os investigadores recuperaram quatro balões, mas um, que se acredita ser responsável pelo incêndio, ainda não foi localizado.

Os balões de fogo são proibidos na Alemanha há 10 anos, mas o chefe da polícia disse que as mulheres desconheciam a proibição quando os compraram na internet.

O caso intensificou o debate sobre o amplo uso de fogo de artifício na véspera de Ano Novo. A detonação de fogo de artifício em público é uma longa tradição no Ano Novo na Alemanha, mas enfrenta críticas crescentes de grupos de proteção ambiental e animal. Na quarta-feira, a associação alemã de defesa animal pediu a proibição de todos os tipos de fogo de artifício perto de zoológicos, explorações agrícolas e canis.

Desde que o incêndio foi detetado, as suspeitas apontaram logo para uso de pirotecnia como fogo de artifício, o que parece confirmar-se agora com a confissão do uso de balões de fogo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG