Luaty Beirão no Twitter para Isabel dos Santos: "como te sentes por ser despedida?"

Ativista angolano comentou no Twitter exoneração da empresária, filha do ex-presidente

"Hey, irmã com uma grande mente, como te sentes por ter sido despedida? Tens de te habituar agora". Foi com estas palavras que o rapper e ativista Luaty Beirão brindou Isabel dos Santos nas redes sociais, depois de ser conhecida a exoneração da empresária da presidência da Sonangol, anunciada na quarta-feira.

Luaty reagiu ao afastamento da empresária também com uma outra publicação no Twitter, colocando uma fotografia com a filha, ambos de sorriso aberto, e a seguinte legenda: "Eu e a minha filha ao recebermos a notícia da exoneração da @isabelaangola. JLo [João Lourenço] veio com nervo, tá a sair muito bem.

Em resposta a um outro 'tweet', o ativista congratulou-se com as ações do novo presidente angolano. "Porra, sai uma marcha de apoio??? Tou malaike [maluco]. O kota rebentou o ninho de marimbondos [vespas]. @isabelaangola, como te sentes nesta exoneração inaugural?".

Horas depois, Luaty ainda acrescenta que "podemos aplaudir, mas não significa que não sabemos o que ele fez 'no verão passado'. Atentos".

Em entrevista à TSF, Luaty, um dos rostos mais mediáticos da contestação à liderança do anterior presidente, José Eduardo dos Santos, confirmou que está animado com o PR de Angola por este estar a "meter a mão no ninho dos marimbondos", mas frisou que é preciso esperar pelo que vem a seguir. "Estou surpreso, as medidas para já são populares, podiam ser consideradas populistas mas não são. As pessoas e monopólios que ele está a desmantelar são pessoas que são entraves para a economia de Angola. A grande questão é: o que é que vem a seguir? Estes coisas só vamos saber com tempo, mas devemos-lhe o benefício da dúvida", disse à rádio.

Sobre a exoneração de Isabel dos Santos, especificamente, Luaty diz estar impressionado. "Não estava à espera que fizesse isso tão depressa. Posso arriscar que a maior parte dos cidadãos deste país estão muito satisfeitos com o que aconteceu hoje, mas espero que não seja apenas uma operação de cosmética. A desilusão poderia ter custos elevados para o ânimo e a tarefa que nos espera".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG