Kim Kardashian junta-se a boicote a Facebook e Instagram

Leonardo DiCaprio, Jennifer Lawrence e Katy Perry também participam na campanha #StopHateforProfit contra a disseminação de "ódio, propaganda e desinformação" nas redes.

Kim Kardashian e dezenas de outras celebridades bloqueram as suas redes sociais esta quarta-feira. Juntam-se assim à campanha #StopHateforProfit, organizada por ativistas dos direitos civis.qe que visa prostestar contra a disseminação de "ódio, propaganda e desinformação".

"A desinformação partilhada nas redes sociais tem um sério impacto", escreveu Kardashian West num comunicado divulgado na terça-feira e citado pela BBC.

As contas das figuras públcas no fFacebook e Instagram vão estar "congeladas" durante 24 horas.

"Não posso sentar-me e ficar em silêncio enquanto essas plataformas continuam a permitir a disseminação de ódio, propaganda e desinformação - criados por grupos para semear a divisão nos Estados Unidos", justificou Kardashian.

"A desinformação partilhada nas redes sociais tem um sério impacto nas nossas eleições e mina a nossa democracia", acrescentou.

Leonardo DiCaprio, Sacha Baron Cohen e Jennifer Lawrence e a cantora Katy Perry. são outras das figuras públicas que se juntaram ao bocote.

"Não posso ficar parada enquanto essas plataformas fecham os olhos a grupos e posts que espalham desinformação de ódio", escreveu Perry na sua conta de Instagram.

O ator Ashton Kutcher, que tem milhões de seguidores e também aderiu ao boicote, disse que "essas ferramentas não foram construídas para espalhar o ódio [e] a violência".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG