Juncker teve conversa "amigável" com Theresa May

A Comissão Europeia repetiu na quinta-feira que não há mais margem de manobra para negociações sobre o Brexit.

O presidente da Comissão Europeia Jean-Claude Juncker recebeu um telefonema da primeira-ministra britânica, Theresa May. Segundo uma porta-voz da Comissão, foi uma conversa "amigável". E ambos concordaram em manterem-se em contacto na próxima semana, acrescentou a porta-voz.

Na quinta-feira, a Comissão voltou a esclarecer que não existem planos para futuras reuniões com os negociadores britânicos sobre o Brexit, tal como ficou dito na cimeira de 14 de dezembro pelos outros 27 membros da UE a Theresa May.

"É claro que está sempre disponível para ouvir a primeira-ministra e decerto é o que fará", tinha dito a porta-voz durante a manhã, tendo esclarecido que esta conversa fará parte do "esforço de sensibilização" dos líderes europeus, por parte da governante britânica, sobre a situação no Reino Unido.

Em Portugal, o governo prepara um plano de contingência sobre a saída do Reino Unido da UE. Ontem, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, anunciou que esse plano será apresentado ainda em janeiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG