Juncker rejeita chamada de Merkel em conferência de imprensa

"É a minha mulher", começou por dizer o presidente da Comissão Europeia. Depois percebeu que era a chanceler alemã

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, foi o protagonista de um momento, no mínimo, original, durante uma conferência de imprensa em Bruxelas.

Ao lado do primeiro-ministro eslovaco, Robert Fico, e do vice-presidente da Comissão Europeia e representante eslovaco, Maros Sefcovic, Juncker estava a falar sobre políticas de migrações aos jornalistas quando o telemóvel tocou.

"É a minha mulher", disse o presidente da Comissão Europeia, carregando rapidamente no telemóvel para rejeitar a chamada. Mas percebeu, segundos depois, que a chamada era afinal da chanceler alemã Angela Merkel e disse-o em voz alta, o que provocou risos generalizados na sala.

Para assistir, veja o vídeo abaixo, a partir do minuto 05:00.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG