Jornalista interrompida pelo filho quando estava em direto na televisão

O insólito aconteceu na estação de televisão MSNBC, quando Courtney Kube falava sobre o conflito entre a Turquia e a Síria.

Courtney Kube, jornalista correspondente da MSNBC, foi interrompida pelo filho de quatro anos quando estava em direto nos estúdios daquela estação de televisão norte-americana, em Washington, enquanto falava sobre o conflito entre a Turquia e a Síria.

O momento embaraçoso levou Kube, especialista em assuntos de segurança dos Estados Unidos e do Pentágono, a pedir desculpa com um sorriso. "Desculpem, o meu filho está aqui, em direto na televisão", disse ao mesmo tempo que tentava tirar o filho do alcance das câmaras.

"As últimas notícias na Síria não estavam alinhadas com o fim das aulas do pré-escolar, por isso os meus filhos gémeos estavam comigo", explicou mais tarde Courtney Kube.

Esta não é a primeira vez que uma criança entra na emissão em direto numa estação de televisão, pois em março de 2017, quando a BBC fazia uma ligação em direto à casa de Robert Kelly, professor na Universidade de Pusan, na Coreia do Sul, para falar sobre a expulsão do presidente sul-coreano Park Geun-hye, os seus dois filhos crianças entraram no escritório enquanto falava em direto, vendo-se depois a mulher de Kelly ir buscá-los.

Exclusivos

Premium

Espanha

Bolas de aço, berlindes, fisgas e ácido. Jovens lançaram o caos na Catalunha

Eram jovens, alguns quase adultos, outros mais adolescentes, deixaram a Catalunha em estado de sítio. Segundo a polícia, atuaram organizadamente e estavam bem treinados. José Manuel Anes, especialista português em segurança e criminalidade, acredita que pertenciam aos grupos anarquistas que têm como causa "a destruição e o caos" e não a luta independentista.