Jornalista assassinado em protesto de professores no México

Jornalista foi assassinado quando descansava num banco, atingido por indivíduos que passaram de moto

O jornalista mexicano Elidio Ramos Zárate foi assassinado no domingo no estado de Oaxaca, no sul do país, enquanto cobria um protesto de professores, confirmou à agência Efe o diretor do jornal El Sur.

Luciano Pacheco indicou que Ramos foi assassinado enquanto cobria os distúrbios e bloqueios de estradas por parte dos professores, que se manifestavam contra uma reforma na educação.

No ataque contra o jornalista, de 44 anos, morreu também outro homem, Raúl Cano López, e uma pessoa ficou ferida.

O jornalista descansava num banco quando dois indivíduos, numa moto, dispararam contra ele com armas de fogo.

O departamento da Saúde de Oaxaca deu conta de três mortos e 45 feridos durante este protesto.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG