John "Calzones": o presidente de Câmara eleito na prisão

John "Calzones", como lhe chamou um fiscal na altura em que era vendedor de roupa, virou-se para a política e conquistou o título de "Robin dos Bosques" da zona, apesar de ter sido detido duas vezes.

John Jairo Torres foi eleito presidente da Câmara do município de Yopal, capital de uma zona petrolífera da Colômbia, enquanto estava preso em Bogotá.

Eleito com 34,33% dos votos, tornou-se popular depois de prometer casas para todos os que precisassem.

As 24 mil pessoas que votaram no "justiceiro" tiveram que se conformar com a imagem do novo presidente no presídio de La Modelo, na capital colombiana.

Após a sua detenção vários manifestantes marcharam para exigir a sua libertação e ainda hoje, apesar de ter sido detido uma segunda vez, a sua imagem continua a aparecer em todos os cantos da cidade.

John Jairo Torres é investigado pela construção ilegal de uma urbanização em La Bendición e encontra-se agora em prisão domiciliária.

De acordo com a investigação, o autarca sabia que os edifícios que estavam sob a custódia do governo tinham sido comprados a um narcotraficante extraditado para Espanha em 2010.

Apesar de terem conhecimento da história, os populares não se atrevem a duvidar do herói popular.

"É o anjo das nossas vidas", conta Yuleidy Alfonso ao El País. Encostada à porta de casa, na urbanização La Bendición, afirma que voltava a votar "mil vezes" em John "Calzones", se fosse preciso.

Até que a justiça determine o contrário, "JJ" continuará a ser presidente da Câmara. Os seus apoiantes acreditam que tão cedo não deixará o cargo. "Sabemos bem quem ele é e foi por isso que o elegemos", uma referência ao facto do presidente ter sido eleito quando estava atrás das grades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG