Joe Biden alerta que Trump vai fazer tudo para adiar presidenciais

Candidato democrata defende que adiar as eleições de 3 de novembro é a única forma que o presidente pode vir a utilizar para ganhar, já que "o caminho da vitória" está cada vez mais difícil para Trump.

O candidato democrata às presidenciais norte-americanas Joe Biden advertiu que o presidente e candidato republicano, Donald Trump, vai fazer tudo para adiar a data das eleições, agendadas para novembro.

"Lembrem-se do que vos estou a dizer. Eu penso que ele (Donald Trump) vai tentar adiar as eleições encontrando qualquer razão para que não se possam realizar", disse Biden durante uma mensagem transmitida durante uma recolha de fundos eleitorais através da internet.

Para o antigo vice-presidente dos EUA, de 77 anos, o adiamento é a única forma que Trump pode vir a utilizar para tentar vencer as eleições presidenciais marcadas para 3 de novembro.

Devido à pandemia de covid-19 - que já provocou a morte a 50 mil pessoas nos EUA - o "caminho da vitória" para Trump está cada vez mais difícil, alega Biden.

Até ao momento, Trump contava com os resultados da economia para conseguir a reeleição como chefe de Estado.

Adiar a data das eleições não é algo que o presidente possa decidir unilateralmente, sendo preciso a luz verde do Congresso.

Biden criticou também a "ameaça" de Trump sobre a falta de financiamento de urgência aos serviços postais norte-americanos.

Nos EUA os eleitores podem enviar por correio o boletim de voto, para que seja evitado o contágio de covid-19, mas Trump argumenta que o método de votação via correspondência pode aumentar o risco de fraude eleitoral.

Joe Biden reiterou a vontade de realizar debates com Trump através de qualquer "método": presencial ou através de meios remotos como a internet.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG