Deslizamento de terras avança lentamente e ameaça destruir povoação italiana

Especialistas indicam que o deslizamento de terras se deve ao efeito combinado dos sismos que se fizeram sentir na região e da acumulação de neve

Um deslizamento de terras já obrigou a evacuar 35 casas e deixou mais de uma centena pessoas desalojadas em Civitella del Tronto, no centro de Itália, uma zona que nos últimos meses foi afetada por vários sismos.

Depois do primeiro movimento, a 12 de fevereiro, os terrenos continuam a deslizar a um ritmo de um metro por dia, segundo avança o diário La Stampa, deixando indefesa metade da povoação que arrisca ser engolida.

Segundo um porta-voz das autoridades locais, citado pela versão italiana do site The Local, os especialistas indicam que o deslizamento de terras se deve ao efeito combinado dos sismos que se fizeram sentir na região e da acumulação de neve, que derreteu muito rapidamente empapando o solo.

Imagens obtidas a partir de um drone mostram as enormes falhas que se abriram no solo e vídeos partilhados pelos habitantes mostram os efeitos nas casas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG