Uma vítima mortal. Detido homem que esfaqueou pessoas no centro de Sydney

O ataque provocou pelo menos uma vítima mortal. Uma segunda mulher foi levada para o hospital.

Um homem foi detido, no centro de Sydney, depois de ter esfaqueado mortalmente uma mulher e de ter atacado várias outras pessoas com uma faca, relata o jornal inglês The Guardian. Um das vítimas, com ferimentos visíveis nas costas, foi levada para um hospital e encontra-se estável, informou a polícia australiana esta terça-feira.

O ataque ocorreu ao início da tarde, em York Street, no centro da cidade australiana. O homem tentou atacar outras pessoas. Antes de ser detido, o suspeito foi travado pelas pessoas que se encontravam na rua, com cadeiras, barras de metal e caixas.

O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, considerou este ataque "profundamente preocupante" e confirmou a prisão do responsável:

A polícia acrescentou que o caso está a ser investigado, desconhecendo, por enquanto, os motivos do ataque.

Exclusivos

Premium

Líderes europeus

As divisões da Europa 30 anos após o fim da Cortina de Ferro

Angela Merkel reuniu-se com Viktor Orbán, Emmanuel Macron com Vladimir Putin. Nos próximos dias, um e outro receberão Boris Johnson. E Matteo Salvini tenta assalto ao poder, enquanto alimenta a crise do navio da ONG Open Arms, com 107 migrantes a bordo, com a Espanha de Pedro Sánchez. No meio disto tudo prepara-se a cimeira do G7 em Biarritz. E assinala-se os 30 anos do princípio do fim da Cortina de Ferro.