Trump: UE é "tão má quanto a China" e NAFTA só depois das eleições

Numa entrevista à Fox News, presidente falou também da nomeação para o Supremo Tribunal, da manipulação de preços de petróleo e deixou um aviso à Europa sobre o Irão.

O presidente norte-americano, Donald Trump, disse numa entrevista à Fox News que "a grande coisa na qual estou focado agora é o comércio. Tenho que endireitar os acordos comerciais".

Em conversa com a jornalista Maria Bartiromo, deixou palavras duras sobre as práticas comerciais da União Europeia, comparando-a à China . "A União Europeia é possivelmente tão má quanto a China, só mais pequena", indicou Trump. Os europeus "tiveram no ano passado um excedente comercial de 151 mil milhões de dólares (...) E, além disso, gastamos uma fortuna na NATO para os proteger" .

Trump deixou ainda o aviso às empresas europeias que continuam a trabalhar com o Irão de que serão sancionadas. "Sim, certamente. É o que nós fazemos. Absolutamente".

Na mesma entrevista, o inquilino da Casa Branca garantiu que vai esperar até depois das eleições intercalares de novembro para assinar um novo Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA, na sigla em inglês). Isso significa que não estará para breve o fim da guerra comercial entre os EUA, o Canadá e o México.

"Podia assiná-lo amanhã, mas não estou satisfeito. Quero torná-lo mais justo", disse Trump sobre o NAFTA. "Quero esperar até depois das eleições. Vamos ter eleições. Acho que vai ser muito interessante. Acho que vai ficar bem", acrescentou. .

O NAFTA foi assinado entre os três países em 1993 mas Trump considera que é "o pior acordo de sempre". Quando chegou à presidência, em vez de o rasgar, aceitou renegociar com os parceiros, mas a guerra comercial só tem piorado.

Diante da imposição de tarifas às importações de aço, decretada por Washington, México e Canadá retaliaram impondo também taxas sobre as importações de produtos norte-americanos, como iogurte, papel higiénico ou whisky.

Supremo Tribunal

Trump falou também da nomeação que terá que fazer para o Supremo Tribunal, depois do anúncio de reforma do juiz Anthony Kennedy (que apesar de ser conservador, votou ao lado dos liberais em várias ocasiões, como na lei do aborto ou dos direitos dos homossexuais).

"Fiquei muito honrado que ele o fizesse durante o meu mandato, o que significa que tem confiança de que eu vou fazer a coisa certa", disse. O presidente garante que vai escolher alguém "excecional" para o cargo e que o processo será "muito rápido". Trump revelou que "provavelmente" não irá perguntar aos candidatos a sua posição no histórico caso sobre o aborto Roe vs. Wade (que no passado admitiu querer que fosse revisto).

Petróleo

Trump também acusou a OPEC (organização de países exportadores de petróleo) de manipular o preço do ouro negro, avisando que isso tem que parar. Questionado sobre se alguém estava a manipular os preços, Trump disse: "A OPEC está e é melhor que parem porque estamos a proteger esses países, muitos desses países. A OPEC está a manipular."

Ler mais