Trump é "rei palhaço" para diário de Nova Iorque

O Dia da Independência foi comemorado pelo New York Daily News com uma capa que não deixa ninguém indiferente

Não há margem para subtilezas ou ambiguidades na capa do New York Daily News: uma fotomontagem na qual Donald Trump está maquilhado de palhaço, de coroa partida na cabeça, é acompanhada pelo título: "O palhaço que faz de rei não pode derrubar os valores fundamentais desta nação fundada faz hoje 242 anos".

O título faz parte de um editorial que está vedado aos leitores europeus - como todo o site do tabloide, em resultado da nova lei de proteção de dados.

No Twitter, porém, o jornal publicou o texto, ou parte.

Nele recordam-se as palavras dos pais fundadores na Declaração da Independência e compara-se com a atualidade: "A Declaração da Independência falava de uma crueldade tão arbitrária, contra um monarca arrogante que "procurou impedir o povoamento destes estados, obstruindo para esse fim as leis de naturalização de estrangeiros, recusando promulgar outras que animassem as migrações para cá..."

Trump, prossegue o editorial, "dedica as potentes energias da nação a barricar as fronteiras, em separar mães que buscam refúgio das suas crianças, em ordenar aos pais que deixem o país com ou sem filhos agora que um tribunal ordenou a sua reunião".

O NY Daily News afirma que os vistos caíram 12% desde a tomada de posse de Trump, "para negócios, estudos e viagens que fazem parte da força vital da nação". Lembra ainda que o processo de naturalização demorava em média dois meses e que agora "arrasta-se por oito meses ou mais".

O tabloide, que em 2019 chegará a centenário, é um crítico frontal do empresário nova-iorquino de há longo tempo. Antes de ser eleito, já Donald Trump era alvo de fotomontagens em que era retratado como artista de circo.

O diário faz parte do terceiro maior grupo de jornais norte-americanos, Tronc, e inclui títulos como o Chicago Tribune ou o Baltimore Sentinel.

Ler mais

Exclusivos