Trump ameaça sair da Organização Mundial do Comércio

O presidente norte-americano diz estar a considerar a retirada da organização se esta não mudar a sua atitude em relação aos Estados Unidos

O presidente Donald Trump disse esta tarde numa entrevista à agência noticiosa Bloomberg que está a considerar a retirada da Organização Mundial do Comércio (OMC) se a instituição "não moldar" o seu comportamento em relação à economia dos Estados Unidos.

As críticas de Trump à instituição têm vindo a subir de tom nos últimos tempos por considerar que esta tem vindo a prejudicar a maior economia do mundo. "Se eles não se moldarem, retiro os EUA da OMC", disse Trump citado pela Reuters.

Ontem, os EUA apresentaram queixa contra a Rússia na OMC, por considerarem, mais uma vez, que estão a ser prejudicados. A Rússia lançou uma "medida protetiva especial" às importações dos EUA, em resposta às tarifas da administração Trump sobre o aço e alumínio.

Mas ontem os Estados Unidos disseram que a Rússia estava a violar as regras da OMC porque as suas taxas adicionais se aplicavam apenas às importações dos EUA, e não aos produtos de qualquer outro país, e porque as tarifas eram mais altas do que o máximo permitido pelos termos da OMC. A Rússia tem 60 dias para resolver a disputa, e após esse prazo os Estados Unidos podem pedir para que a OMC estabeleça um painel para julgar.

Ler mais

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...