Stormy Daniels ameaçada fisicamente para não falar sobre Trump

Advogado da atriz de filmes pornográficos revelou situação e diz que ela vai falar sobre o assunto num programa de televisão ainda por transmitir

A atriz de filmes pornográficos Stormy Daniels foi ameaçada fisicamente e avisada que se devia manter em silêncio relativamente à sua alegada relação com Donald Trump, afirmou o advogado desta a televisões norte-americanas esta sexta-feira.

O advogado Michael Avenatti não deu mais detalhes sobre as ameaças a Stormy Daniels (nome verdadeiro Stephanie Clifford). Avenatti afirmou que Stormy Daniels iria falar sobre a situação no programa "60 minutes", da CBS, que vai para o ar a 25 de março.

"A minha cliente foi ameaçada fisicamente para permanecer em silêncio sobre o que sabe acerca de Donald Trump", afirmou o advogado na CNN. No já referido programa a mulher "vai relevar detalhes específicos sobre o que aconteceu", acrescentou.

Os mais recentes desenvolvimentos da história que envolve Stormy Daniels e o Presidente dos EUA surgem depois de se saber que o advogado e atriz pornográfica estão dispostos a devolver os cerca de 105 mil euros (130 mil dólares) pagos a Stormy Daniels pelo advogado de Trump, Michael Cohen, para que ela permanecesse em silêncio.

Stormy Daniels que falar livremente sobre Trump

Michael Cohen, advogado do líder norte-americano, afirmou em fevereiro ao New York Times que pagou o valor e também que não foi reembolsado por Trump pelo valor pago a Stephanie Clifford, verdadeiro nome da atriz conhecida na indústria pornográfica como Stormy Daniels.

"Nem a organização Trump, nem a campanha de Trump não tomaram parte na transação com Clifford, e nem uma nem a outra reembolsaram este valor, direta ou indiretamente", disse então o advogado.

Agora, através de uma carta, o advogado da atriz, Michael Avenatti, pediu a Cohen para designar uma conta para que seja devolvido o dinheiro. em troca, o alegado acordo assinado entre Trump, Stormy Daniels e Cohen seria "considerado nulo".

A confirmar-se o reembolso, a atriz poderia falar de forma livre sobre o alegado caso com Donald Trump. Assim, Stormy Daniels poderia também "usar e publicar qualquer texto, mensagem, fotografias ou vídeos relativas ao Presidente Trump que ela possa ter na sua posse, sem medo de represálias ou ações legais", acrescenta a cadeia de televisão.

Ler mais

Exclusivos