Rajoy ativa mecanismo para aplicar artigo 155 e suprimir autonomia da Catalunha

Rajoy pediu a Puigdemont para esclarecer se declarou formalmente a independência

Mariano Rajoy pediu esta manhã ao presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, para esclarecer se declarou formalmente a independência, tendo anunciado também que este é um passo para ativar o mecanismo para aplicar o artigo 155 da Constituição, que suprime a autonomia de uma comunidade.

"O Conselho de Ministros acordou esta quarta-feira de manhã enviar um pedido formal à Generalitat [governo regional catalão] para que confirme se declarou a independência da Catalunha", disse Rajoy, numa breve declaração transmitida pela televisão.

"Este requerimento é necessário na altura de ativar o artigo 155 da Constituição", disse o primeiro-ministro espanhol. "A resposta do presidente catalão irá determinar os acontecimentos futuros, nos próximos dias", continuou. Rajoy afirmou que o governo quer oferecer "certezas" e "clareza" aos espanhóis e catalães, segundo o El País.

Na terça-feira ao final da tarde, Puigdemont disse que assumia "o mandato do povo" para que a Catalunha seja um "Estado independente", mas propôs esperar "algumas semanas" para facilitar o diálogo com Madrid.

O artigo 155 da Constituição espanhola, nunca usado, prevê a suspensão de uma autonomia e dá ao Governo central poderes para adotar "as medidas necessárias" para repor a legalidade.

O governo espanhol reúne-se hoje de urgência para discutir os próximos passos. Na noite passada, Rajoy reuniu-se com o secretário-geral do PSOE, Pedro Sánchez, e esta manhã falou ao telefone com o presidente do Ciudadanos, Albert Rivera.

Pedro Sánchez anunciou esta quarta-feira o apoio do PSOE ao governo e à ativação do artigo 155 da Constituição. O PSOE criticou ontem à noite Puigdemont por ter criado na Catalunha uma situação de "absoluta ingovernabilidade", segundo El País.

Relacionadas

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Mundo
Pub
Pub