Irmã mais nova do líder norte-coreano chega à Coreia do Sul

Viajou num jacto particular para uma estada de três dias

A irmã mais nova do líder norte-coreano chegou hoje à Coreia do Sul onde vai assistir à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno.

Kim Yo-jung é o primeiro membro da dinastia Kim a visitar a Coreia do Sul, embora o avô, Kim Il Sung, tenha viajado para aquela que é agora a zona desmilitarizada, durante a Guerra da Coreia (1950-53).

À chegada, a irmã de Kim Jong-un foi recebida, no aeroporto internacional de Incheon, por um grupo de funcionários sul-coreanos, incluindo o ministro da Unificação, Cho Myoung-gyon.

Kim Yo-jung, que chegou num jacto particular para uma estada de três dias na Coreia do Sul, deverá encontrar-se com o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, num almoço palácio presidencial em Seul.

A irmã do líder norte-coreano, dirigente do partido único, integra uma delegação de alto nível, que vai marcar presença na abertura dos jogos, que se realizam em PyeongChang.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.

Premium

Diário de Notícias

A ditadura em Espanha

A manchete deste dia 19 de setembro de 1923 fazia-se de notícias do país vizinho: a ditadura em Espanha. "Primo de Rivera propõe-se governar três meses", noticiava o DN, acrescentando que, "findo esse prazo, verá se a opinião pública o anima a organizar ministério constitucional". Explicava este jornal então que "o partido conservador condena o movimento e protesta contra as acusações que lhe são feitas pelo ditador".