Mulheres autorizadas a conduzir na Arábia Saudita

Medida vai entrar em vigor em julho de 2018. Era o único país no mundo onde as mulheres estavam proibidas de conduzir

A Arábia Saudita tomou uma medida histórica, esta terça-feira, ao anunciar que as mulheres vão poder ter carta de condução, e consequentemente conduzir, no país.

De acordo com a BBC, é o único país do mundo em que as mulheres não podem conduzir.

Já o New York Times acrescenta que a medida, que entra em vigor em junho do próximo ano, foi anunciada na televisão estatal saudita.

A decisão termina assim com uma leia que se tinha tornado um símbolo global de opressão e repressão relativamente aos direitos das mulheres no país islâmico conservador.

Vários grupos de direitos humanos têm lutado ao longo dos anos para que a proibição fosse levantada e várias mulheres sauditas foram presas e multadas por estarem ao volante.

Em atualização

Exclusivos

Premium

Líderes europeus

As divisões da Europa 30 anos após o fim da Cortina de Ferro

Angela Merkel reuniu-se com Viktor Orbán, Emmanuel Macron com Vladimir Putin. Nos próximos dias, um e outro receberão Boris Johnson. E Matteo Salvini tenta assalto ao poder, enquanto alimenta a crise do navio da ONG Open Arms, com 107 migrantes a bordo, com a Espanha de Pedro Sánchez. No meio disto tudo prepara-se a cimeira do G7 em Biarritz. E assinala-se os 30 anos do princípio do fim da Cortina de Ferro.