Ministro adjunto representa Portugal na cerimónia fúnebre de Fidel

Eduardo Cabrita estará na cerimónia desta terça-feira, em Havana.

O ministro adjunto, Eduardo Cabrita, será o representante do Estado português na cerimónia fúnebre de homenagem ao ex-líder cubano, Fidel Castro, que morreu na sexta-feira, anunciou o governo em comunicado.

A cerimónia fúnebre terá lugar nesta terça-feira, às 19.00 locais (meia-noite em Lisboa), na Praça da Revolução, em Havana. Neste momento, milhares de cubanos prestam a última homenagem ao histórico líder da revolução, cujas cinzas estão no Memorial a José Martí, que existe nessa mesma praça.

Na homenagem em Havana já está confirmada a presença do rei emérito de Espanha, Juan Carlos, e do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras. Estará também, em representação do Partido Comunista Português, Albano Nunes, responsável pelas Relações Internacionais do partido e membro do secretariado do Comité Central.

O funeral de Fidel será só no próximo domingo, em Santiago de Cuba, depois do cortejo fúnebre das suas cinzas pelo país. Essa cerimónia deverá ser privada.

Ler mais

Exclusivos