Sete crianças entre os mortos num naufrágio na Turquia

Pelo menos nove pessoas, incluindo sete crianças, morreram hoje no naufrágio de uma embarcação que transportava imigrantes ao largo da costa oeste da Turquia, divulgou a imprensa turca.

Pelo menos nove pessoas, incluindo sete crianças, morreram hoje no naufrágio de uma embarcação que transportava imigrantes ao largo da costa oeste da Turquia, divulgou a imprensa turca.

Quatro pessoas foram resgatadas pela guarda costeira após o barco insuflável que transportava os imigrantes afundar ao largo da cidade turca de Kusadasi antes do amanhecer, anunciou a agência de notícias estatal turca Anadolu.

Os nove mortos no naufrágio, sete crianças e duas mulheres, são todos iraquianos, segundo a agência de notícias.

A Turquia, que abriga mais de três milhões de refugiados sírios, é um importante país de trânsito para as pessoas deslocadas nos conflitos no Médio Oriente que procuram chegar à Europa Ocidental.

A onda de migração atingiu o seu pico em 2015, quando mais de um milhão de pessoas, muitos fugindo da guerra na Síria, chegaram à Grécia depois de passarem pela Turquia, principalmente por via marítima.

O número de pessoas que tentam esta travessia, muitas vezes perigosa, tem caído drasticamente devido a um acordo de imigração controverso assinado entre a União Europeia (UE) e Ancara em março 2016.

Entretanto, os especialistas observaram que o número de pessoas que tentam a travessia voltou a subir nos últimos meses. Outros migrantes tentam chegar à Grécia cruzando o rio Evros, que demarca a fronteira com a Turquia mais ao norte.

Ler mais

Exclusivos