GNR resgata mais 113 migrantes no mar Egeu. 49 são crianças

Entre os resgatados estão 49 crianças. Só este ano, a GNR já auxiliou quase dois mil migrantes.

Os militares da GNR salvaram 113 migrantes, dos quais 49 crianças, 25 mulheres e 39 homens, no Mar Egeu, na Grécia, no últimos dois dias. Em comunicado, as autoridades adiantam que o resgate dos migrantes decorreu na quarta-feira e na madrugada desta quinta-feira através de duas embarcações da Unidade de Controlo Costeiro (UCC).

Na primeira situação, em Samos, durante uma ação de patrulhamento, os militares da GNR detetaram uma embarcação de borracha que transportava 37 migrantes a bordo (13 crianças, oito mulheres e 16 homens), a cerca de duas milhas náuticas de distância do Porto de Pythagorio.

Posteriormente, a sul da ilha da Chios, os militares portugueses foram alertados pelas autoridades gregas para a existência de uma embarcação de borracha de pequenas dimensões, onde seguiam 39 migrantes, entre os quais 21 crianças, com idades entre os 5 meses e os 17 anos.

Na madrugada desta quinta-feira, a sul da ilha de Samos, equipa terrestre de vigilância marítima detetou outra pequena embarcação de borracha, sobrelotada e à deriva, tendo a bordo mais 37 migrantes, dos quais 15 crianças, 8 mulheres e 14 homens.

De imediato, a equipa deu o alerta à embarcação da GNR que conseguiu resgatar as pessoas.

Este ano a GNR efetuou mais de 721 patrulhas, o que corresponde a mais de cinco mil horas, percorreu 63 mil quilómetros e efetuou 4600 milhas náuticas, tendo detetado 207 embarcações e auxiliado 1842 migrantes.

A operação decorreu no âmbito da missão da Agência Europeia de Fronteira e Guarda Costeira (Frontex) no Mar Egeu.