Ex-pivô da Fox News já não vai ser embaixadora dos EUA na ONU

A ex-jornalista da Fox News e porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Heather Nauert, anunciou no sábado que desistiu da sua candidatura ao cargo de embaixadora dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas (ONU)

"Os últimos dois meses foram difíceis para minha família, e é por isso que é melhor para minha família que eu renuncie", escreveu a ex-apresentadora da estação televisiva conservadora Fox News num comunicado.

A curta declaração de Heather Nauert foi divulgada após semanas de críticas centradas na sua falta de competências para ocupar este cargo, ela que não possuía qualquer experiência na área diplomática antes de se tornar porta-voz em abril de 2017. Nauert ocuparia um cargo em que os seus antecessores eram diplomatas, académicos ou políticos reconhecidos.

Segundo a Bloomberg, a decisão da ex-pivô da Fox News estará relacionada com o facto de a Casa Branca ter descoberto que Nauert e o marido tiveram como babysitter uma imigrante que, apesar de estar no país de forma legal, não tinha o visto de trabalho adequado.

O porta-voz da diplomacia norte-americana, Robert Palladino, afirmou que o Presidente apresentaria um novo candidato "em breve".

O cargo de embaixador na ONU está vago desde a partida a 31 de dezembro de Nikki Haley, estrela em ascensão dos republicanos que se demitiu após dois anos naquela função.

O secretário de Estado Mike Pompeo elogiou Heather Nauert em comunicado, falando do seu desempenho com "excelência inigualável", e expressando "grande respeito" depois da sua decisão "pessoal" de se retirar.

Ler mais

Exclusivos