Jogou râguebi, fez o haka, foi campeã, é jornalista e inspirou a primeira Barbie maori

Para celebrar o 60.º aniversário da Barbie e o dia internacional da mulher, a Mattel produziu 20 modelos de bonecas com o objetivo de apoiar jovens mulheres a seguir a profissão que desejam. Inclusive a primeira boneca maori.

A Mattel lançou uma edição especial para celebrar o 60º aniversário da Barbie e o dia internacional da mulher. Nesta edição foram selecionadas 20 mulheres de 18 países, incluindo a jornalista Melodie Robinson. É a primeira mulher maori a ser representada numa boneca da Barbie.

Robinson foi jogadora internacional de râguebi e ganhou dois campeonatos enquanto jogadora da equipa feminina da Nova Zelândia, The Black Ferns, famosas, tal como os colegas da seleção masculina por fazer o haka, a dança maori, no início dos jogos, para intimidar os adversários. Em 2002, tornou-se jornalista da Sky Sport e apresentadora.

"É muito bom ser selecionada para inspirar raparigas através da primeira Barbie da Nova Zelândia - Ela é Maori... E comentadora! Faz parte do programa de modelos da Mattel para ajudar as jovens a acreditar que podem ser qualquer coisa. Neste caso podes ser jornalista desportiva... apresentadora... Ou comentadora", publicou Robinson no seu Instagram.

Prue Kapua, a presidente Nacional da Liga do Bem-Estar das Mulheres Maori, afirmou que esta boneca da Nova Zelândia representa algo muito positivo para a comunidade. "Nós temos bonecas que refletem mulheres Maori, mas é a primeira vez numa marca mundial. É uma coisa muito positiva em termos de consciência", afirmou à BBC.

Segundo Melodie Robinson, a empresa percebeu que todas as suas Barbies são semelhantes, por isso quer diversificar os seus modelos. "Esta é uma forma de as pessoas verem as suas etnias refletidas em brinquedos", referiu a jornalista.

Os últimos modelos da Barbie honram várias mulheres com diferentes profissões entre elas a tenista Naomi Osaka, filha de um jamaicano e de uma japonesa, a ginasta indiana Dipa Karmakar, e a artista visual chinesa Chen Man.