Avião chinês derrapou ao aterrar no aeroporto de Manila

Avião da companhia aérea chinesa Xiamen Airlines está a ser evacuado neste momento. Não há, ainda, informações sobre feridos (em atualização).

Um avião da companhia aérea Xiamen Airlines sofreu nesta quinta-feira um acidente ao aterrar no aeroporto de Manila, nas Filipinas. De acordo com a plataforma Airlive (ver Twitter), o aparelho da aérea chinesa, um Boeing 737-800, andou às voltas durante uma hora antes da primeira tentativa de aterragem, que foi abortada.

Na segunda tentativa, conseguiu aterrar, mas de barriga. Ou seja, o avião derrapou na pista em vez de aterrar em segurança. O avião, que operava o voo MF8667, está a ser evacuado nesta altura, sendo visível, segundo a plataforma Airlive, danos no motor da asa esquerda.

Segundo a plataforma Flightradar24, o acidente não obrigou ao cancelamento da atividade do aeroporto, tendo os outros voos continuado a aterrar na outra pista.

Ler mais

Exclusivos

Premium

nuno camarneiro

Uma aldeia no centro da cidade

Os vizinhos conhecem-se pelos nomes, cultivam hortas e jardins comunitários, trocam móveis a que já não dão uso, organizam almoços, jogos de futebol e até magustos, como aconteceu no sábado passado. Não estou a descrever uma aldeia do Minho ou da Beira Baixa, tampouco uma comunidade hippie perdida na serra da Lousã, tudo isto acontece em plena Lisboa, numa rua com escadinhas que pertence ao Bairro dos Anjos.

Premium

Rui Pedro Tendinha

O João. Outra vez, o João Salaviza...

Foi neste fim de semana. Um fim de semana em que o cinema português foi notícia e ninguém reparou. Entre ex-presidentes de futebol a serem presos e desmentidos de fake news, parece que a vitória de Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos, de Renée Nader Messora e João Salaviza, no Festival do Rio, e o anúncio da nomeação de Diamantino, de Daniel Schmidt e Gabriel Abrantes, nos European Film Awards, não deixou o espaço mediático curioso.