Casal detido na Indonésia com milhares de comprimidos de ecstasy

Neste país, os traficantes de droga são tradicionalmente punidos com duras sentenças, até a pena de morte.

As autoridades indonésias detiveram na quarta-feira um casal timorense, que tentou entrar na Indonésia, através da fronteira terrestre com Timor-Leste, em Motaain, com 4874 comprimidos, alegadamente ecstasy.

"Eram passageiros que estavam a entrar. Inspecionámos o que traziam no raio-X e encontrámos a droga. Estava num saco plástico dentro de uma impressora", explicou o responsável da alfândega de Atambua, Tribuana Wetangterah.

De acordo com a agência de notícias indonésia Antara, a droga estava em vários sacos plásticos, desconhecendo-se se foi fabricada em Timor-Leste, ou se entrou em Timor-Leste de outra origem, e estava apenas a ser transportada para a Indonésia.

O casal está a ser ouvido pelas autoridades indonésias.

O tráfico de droga na Indonésia é punido com sentenças duras, incluindo a pena de morte.

Exclusivos