Austrália sufoca com temperaturas de quase 50 graus

Sydney teve este domingo a temperatura mais alta em 79 anos: 47,3 graus celsius

Enquanto os Estados Unidos e a Europa se debatem com o frio intenso, no hemisfério sul o verão está fazer sufocar de calor os australianos: em Sydney, os termómetros chegaram aos 47,3 graus celsius, a temperatura mais alta nos últimos 79 anos, avança a BBC.

Esta temperatura foi atingida mais precisamente em Penrith, subúrbio oeste da capital australiana.

A imprensa australiana revela que uma associação de solidariedade ajudou a transferir os sem-abrigo para os hospitais, para tratamento, e outros para abrigos onde conseguissem escapar ao calor.

Mais de sete mil habitações em New South Wales ficaram sem eletricidade devido ao calor e vários eventos desportivos foram suspensos quando as temperaturas ultrapassaram os 40 graus.

O país está também em alerta de incêndio e o governo impôs várias proibições para evitar que fossem ateados fogos florestais.

Ler mais

Exclusivos