Uma fotografia, seis versões: o momento de tensão vivido no G7

A imagem partilhada no Instagram de Merkel tornou-se viral, por revelar a tensão na reunião. Mas há outras versões

O momento em que os líderes do G7 discutem os pormenores da declaração final da cimeira no Quebeque foi captada pelos assessores e fotógrafos oficiais de vários deles.

Cada uma delas permite uma leitura diferente daquele momento.

A versão alemã

Foi a primeira conhecida, sendo divulgado no Instagram de Angela Merkel, e tornando-se viral (tem mais de 50 mil 'gostos').

O presidente norte-americano, Donald Trump, surge sentado, de braços cruzados, enquanto a chanceler alemã se debruça sobre a mesa. Meio escondidos, à esquerda, estão o presidente francês, Emmanuel Macron, e a primeira-ministra britânica, Theresa May.

A discussão é observada de perto pelo primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e pelo conselheiro de segurança de Trump, John Bolton.

A foto foi tirada por Jesco Denzel, um fotógrafo alemão que ganhou este ano o World Press Photo em "Temas Contemporâneos", com uma imagem de um barco com turistas a passear pelos canais da comunidade Makoko, em Lagos, na Nigéria.

A versão norte-americana

A assessora de imprensa da Casa Branca, Sarah Sanders, revelou a versão dos EUA. Na foto, uma das várias que partilhou, Trump surge confiante, inclinado para trás na cadeira, enquanto os outros líderes se debruçam sobre o comunicado.

Para juntar ao drama, a fotografia é a preto e branco.

A legenda, "o presidente reúne com os líderes mundiais e negoceia sobre comércio, o Irão e Segurança Nacional".

A versão francesa

Na imagem partilhada por Macron no seu Twitter, Trump quase não se vê. O mesmo acontece com a chanceler alemã.

É o presidente francês que é o centro das atenções, debruçando-se sobre a mesa, em direção ao homólogo norte-americano.

"G7, segundo dia: uma nova etapa é ultrapassada. Após uma longa jornada de trabalho e de diálogo muito direto, procuramos ativamente um acordo ambicioso", escreve Macron no Twitter.

A versão italiana

O novo primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, fez a sua estreia nos grandes palcos internacionais nesta cimeira.

Na foto que divulgou no Twitter é fotografado quase de costas, com o texto do comunicado na mão (à esquerda). Enquanto isso, Merkel parece estar a olhar para a zona onde se encontra John Bolton.

O presidente norte-americano não se vê, enquanto Macron faz correções ao texto, sob o olhar da primeira-ministra britânica, Theresa May.

"Segundo dia do G7 no Canadá onde continuo a trabalhar para representar e defender os interesses dos italianos", lê-se na legenda.

A versão canadiana

O Canadá, que recebeu a cimeira do G7, também revelou a sua versão, ou melhor versões. Numa delas, as atenções de todos parecem estar centradas no que diz o primeiro-ministro, Justin Trudeau, que está de costas e parece fazer com a mão um gesto a pedir calma.

Noutra versão, está a puxar a cadeira ao lado de Trump.

Enquanto na última foto, muito semelhante à divulgada pelos alemães, todos os líderes parecem relaxados. E a rir.

A versão japonesa

Também o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, divulgou a sua versão do momento, na qual aparece em primeiro plano, inclinado a ouvir Trump.

A legenda diz que a cimeira acabou."Este ano, trocámos opiniões fortes sobre comércio", indicando que a discussão se prolongou pela noite dentro e pelos corredores para chegar a um acordo.

Ler mais

Exclusivos