Inés Arrimadas eleita líder do Ciudadanos

Militantes do partido elegeram a até agora porta-voz no Congresso espanhol para suceder a Albert Rivera, que se demitiu depois do desaire das eleições de novembro.

Inés Arrimadas foi eleita líder do Ciudadanos nas primárias do partido, que decorreram este fim de semana. A até agora porta-voz no Congresso espanhol obteve 76,91% dos votos, deixando o adversário, Francisco Igea, vice-presidente da região de Castela e Leão, à distância, com apenas 22,32%. Um terceiro candidato de última hora, o desconhecido Ximo Aparici, não foi além dos 0,74%.

Quase 21 mil militantes foram chamados a votar, tendo a participação sido de 59,5%, o que representou um aumento de 25 pontos percentuais em relação às últimas primárias, em 2017.

A nova presidente, de 38 anos, tomará posse na V Assembleia Geral do Ciudadanos, que se realiza a 14 e 15 de março em abril. Arrimadas sucede a Albert Rivera, que deixou a liderança partidária e a política após o desaire eleitoral de 10 de novembro, quando não foi além da quinta posição, perdendo 47 deputados em relação às eleições de abril e elegendo apenas dez representantes.

"Muito obrigada por encher de entusiasmo as primárias do nosso partido, companheiros. Serei a presidente de todos os militantes e trabalharemos sem descanso para que juntos devolvamos este mesmo entusiasmo a milhões de espanhóis", escreveu no Twitter, pedindo para olhar para o futuro.

A andaluza que cresceu na Catalunha, onde ganhou as eleições autonómicas de dezembro de 2017 (mas sem maioria necessária para evitar novo governo independentista na região) era a favorita à sucessão de Rivera. Admitindo os erros do passado que levaram ao desaire eleitoral, disse contudo que foi o socialista Pedro Sánchez que nunca quis negociar com o Ciudadanos após as eleições de abril. Em relação ao futuro, quer ser "um centro liberal forte" e continuar a fazer coligações com o Partido Popular.

Arrimadas, eleita no Dia Internacional da Mulher, não é a única representante do sexo feminino na nova direção. Marina Bravo, porta-voz adjunta do partido no Parlamento da Catalunha, será a nova secretária-geral do partido.

"Felicidades a Inés Arrimadas e à nova direção do Ciudadanos. Oxalá tenhamos um projeto liberal e constitucionalista forte que ajude a pôr fim a esta Espanha de bandos e sectarismo que alguns políticos estão a instigar. Boa sorte e sucesso para o futuro", escreveu Rivera já esta manhã no Twitter.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG